MAX. Flashback. O que fazer com quem NÃO quer trabalhar?

Corpo Mole
Corpo Mole

(05/02/10)  Prezados Leitores,

Comento o comentário de Max Gehring que se refere a ” Corpo Mole” de um subordinado, na qual o gerente faz uma consulta. Max aponta três opções citadas pelo gerente ouvinte: Tentar recuperá-lo, ou radicalizar penalizando [advertindo, sem ouvi-lo], terceira, demitir sumariamente.

O complemento que faço é que muitas vezes o problema não está no empregado, mas no contexto geral, há culpa às vezes da empresa, e no caso trocar de empregado [mesmo ele apresentando esse corpo mole] pode significar a troca do problema, logo, o mais prudente [risos] a meu ver é aplicar as três saídas simultaneamente, ou seja, buscar formas de recuperar o empregado informando que procedendo daquela maneira ele perde a razão; ainda, adverti-lo que não serão tolerados abusos, pois deve o mesmo cumprir com as clásulas contratuais, trabalhando; por fim, após ouví-lo e fazer as vezes da empresa, buscando a culpa que pode existir, se não houver jeito, depois de alguma persistência, demitir sem justa causa ou com justa causa, desde que haja segurança jurídica para isso.

Concordo com MAX quando ele apresenta como um grave problema a falta de investimento no processo de seleção, no Brasil contrata-se mal, por conta disso e por as vezes não saber o empregador o que quer, o que ele pretende como empregado para a sua empresa, desconhece o perfil, logo, não há como se buscar o empregado ideal no mercado de trabalho.

Sds Marcos Alencar

[ PS. – Max autorizou expressamente as referências aqui expostas, pelo que ficamos gratos com a sua gentileza e atenção conosco.]

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email