livro_manualdoprepostomarcosalencar_banner (1)
Últimas notícias do TST:
Quinta, 02 de dezembro de 2021

Acesso de serviço, é discriminação?

Prezados Leitores,

Vez por outra nos deparamos com esse questionamento. Alguns empregados se sentem desrespeitados por serem obrigados a ingressar nas instalações do empregador por um acesso específico, de serviço. Alguns operadores do direito alegam que isso é discriminação e desrespeito ao empregado. Penso diferente.

 foto

Entendo que isso depende, depende da forma como é ordenada esse uso do acesso específico de serviço e qual o objetivo da criação da mesma.

Obviamente jamais existirá desrespeito, discriminação, desvalorização do empregado, se ficar justificado o uso de uma entrada específica de serviço. Nos Shopping Centers por exemplo observamos entradas específicas para cargas e empregados, local onde existe uma portaria de controle, o relógio de ponto, o caminho mais breve ao vestiário [para que os empregados coloquem a farda].

Nesses casos, não vejo qualquer discriminação. Discriminar é segregar, é separar, é rotular sem motivo alguém [ ou um grupo de pessoas ] com intuito, objetivo, missão, de diminuir, separar, de se evitar uma contaminação social.

Se todos que trabalham naquele estabelecimento, desde o mais graduado [o gerente] até os trabalhadores menos graduados, e se todos são submetidos ao mesmo acesso, controle, regras, não há discriminação, considerando que o acesso é para todos indiscriminadamente que estão naquela loja, seguindo o exemplo que dei, de serviço.

Sds Marcos Alencar

 

Compartilhe esta publicação

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email